Lula começa nesta quinta-feira (17) a caravana por 25 cidades do Nordeste

Nesse período, o ex-presidente participará de uma variedade de eventos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva inicia nesta quinta-feira, 17, em Salvador, uma caravana de 20 dias por 25 cidades e nove Estados do Nordeste. Apelidada de "Lula pelo Brasil", a maratona para reforçar a popularidade do petista começa em Salvador (BA), onde ele participa de um ato às 17h, e será encerrada em São Luís do Maranhão (MA).

Nesse período, o ex-presidente participará de uma variedade de eventos, desde atos em defesa de políticas públicas da era petista até uma cerimônia de colação de grau, passando por cafés da manhã com prefeitos e políticos locais e reuniões com sindicatos e movimentos sociais da região.

Lula também receberá ao menos três títulos de doutor honoris causa, concedidos pela Universidade do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL). Condenado na Lava Jato a 9 anos e 6 meses de prisão em julho, o petista reedita a estratégia das caravanas, usada pela primeira vez em 1993 e repetida em 2001, para fazer sua defesa e também para amarrar alianças, promover realizações de seus governos e apresentar propostas para a campanha de 2018.

O trajeto de cerca de 4 mil quilômetros pela Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão será majoritariamente feito de ônibus, mas também de avião e de barco. Na estrada, Lula terá a companhia fixa apenas de Marcio Macedo, vice-presidente nacional da legenda e organizador da caravana.


Os eventos contam ainda com a participação pontual da presidente da legenda, Gleisi Hoffman, e de parlamentares da região, como o senador José Pimentel (CE). Lula ainda deve se encontrar com os governadores petistas Rui Costa (BA), Camilo Santana (CE) e Wellington Dias (PI), bem como o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

A agenda completa, no entanto, ainda está sendo confirmada à medida em que a caravana vai se desenrolando. Esta é a primeira fase do projeto, que prevê também outra caravana no interior de São Paulo, no Sul, Sudeste e ao Norte. Os principais eventos vão ser transmitidos ao vivo pelo site oficial do PT na internet e pelas páginas do partido nas redes sociais.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Publicidade
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.