Homem é preso com mais de 500 imagens pornográficas de crianças e adolescentes em Icó, no Ceará

A prisão foi resultado de investigações que duraram seis meses e iniciaram a partir das denúncias de algumas vítimas.

Um homem acusado de pedofilia foi preso na última quinta-feira (17), em Icó, no centro-sul do Ceará. As investigações da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), encontraram com o homem mais de 500 imagens pornográficos de crianças e adolescentes. 

Francisco Werley Ferreira Alves, de 25 anos, não possuía antecedentes criminais e foi capturado na própria residência, em Icó. A Polícia cumpriu ainda outros dois mandados de busca e apreensão em dois endereços, onde foram encontrados 10 computadores e centenas de mídias digitais. 

A prisão foi resultado de investigações que duraram seis meses e iniciaram a partir das denúncias de algumas vítimas. De acordo com a delegada Gabriela Barreto, titular da DDM, o acusado raqueava redes sociais de meninas com idades entre 11 e 14 anos e se passava por elas na internet. Em seguida, usando a identidade das adolescentes, ele abordava outras meninas e pedia fotos e vídeos sem roupa. Quando percebiam que, na verdade, não se tratava da amiga, Francisco Werley as ameaçava para que continuassem enviando as imagens. 


A delegada reforça que o preso fez dezenas de vítimas. As investigações permanecem sob segredo de Justiça. Francisco Werley foi preso por crimes que constam de seis artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente, que incluem produzir ou registrar por qualquer meio cenas de sexo explícito ou pornográficas envolvendo crianças e adolescentes; vender ou expor à venda imagens do tipo; assim como aliciar, assediar ou constranger criança a fim de com ela praticar ato libidinoso.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Publicidade
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.