Morre José Adauto, presidente da Associação dos Cornos do Ceará

Há duas semanas, numa das últimas entrevista de Adauto, ele disse ser corno "Graças a Deus".

Morreu no domingo (16) aos 67 anos José Adauto Caetano, conhecido como o presidente da Associação dos Cornos do Ceará, segundo matéria publicada no site G1 Ceará. Adauto sofreu um ataque cardíaco na tarde de domingo, chegou a ser atendido em um hospital, mas não resistiu. Ele é velado na tarde desta segunda-feira (17) no Parque da Saúde. 

Há duas semanas, numa das últimas entrevista de Adauto, ele disse ser corno "Graças a Deus". "Uma vez corno, sempre corno. Tenho a ata, estatuto, CNPJ da Associação dos Homens Mal Amados do Ceará, a Associação dos Cornos do Ceará", brincava. 

José Adauto sempre repetia que teve 10 casamentos e foi traído por oito mulheres. "Vou processar essa última mulher porque ela não quer trair", disse ao Vida Real que foi ao ar em 3 de julho. 


José Adauto também tentava, há vários anos, transferir a presidência da Associação dos Cornos do Ceará. Por um período, o cargo ficou vago. A associação tem cerca de 10 mil associados, todos com carteira. 

A associação foi criada há 16 anos por Caetano e, segundo o fundador, desde que surgiu tem um propósito maior que o da brincadeira, que já expunha em livros de cordéis. "Criamos com o objetivo de não agressão às mulheres e dizer que as únicas alternativas se você for traído são aceitar ou deixar a mulher", explicou.

☇COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.