Brutal: Padrasto espanca bebê de 10 meses até a morte no interior do Ceará

A bebê foi socorrida às pressas para o hospital, mas não resistiu.

Um crime chocou a população de Lavras da Mangabeira e região no início da noite de sexta-feira (26), no Centro da cidade.

O servente de pedreiro Iarley Mendonça de Souza, de 32 anos, natural de Cajazeiras (PB), matou a pequena Gabriela Aparecida Duarte da Silva, de 10 meses, por meio de espancamento. 

Após a violência, o acusado entregou Gabriela agonizando nas mãos da tia, Ana Rita Gomes Duarte, de 30 anos, e fugiu, sendo preso em seguida.

A bebê foi socorrida às pressas para o hospital, mas não resistiu à gravidade da violência.


O acusado foi conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu, onde foi autuado pelo delegado plantonista Ariel Alves de Freitas por homicídio qualificado. 


O suspeito encontra-se em uma cadeia da região Centro-Sul, por medida de segurança. (Com informações e fotos do site - Diário do Nordeste)

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Publicidade
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.