Astrônomos encontraram 'Superterra' que pode ser habitável

Segundo artigos científicos do arXiv.org, o planeta foi descoberto graças ao espectrógrafo HARPS-N, instalado no observatório de Roque de los Muchachos das Ilhas Canárias, Espanha.
Os cientistas sublinham que a Superterra está localizada em zona habitável da anã vermelha Gliese 625 (uma estrela pequena e relativamente fria). A massa do corpo celeste em questão é 2,8 vezes maior do que a da Terra, já o período de translação do planeta ao redor da estrela é realizado em 14,6 dias terrestres.
Além disso, a temperatura da superfície desse planeta é favorável para existência de vida de hidrocarbonetos e não excede 77 graus Célsius.

Os cientistas planejam analisar a composição da atmosfera do exoplaneta encontrado e esclarecer se há ou não água em estado líquido.

☇COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.