Trump proíbe CNN e outros de entrar na Casa Branca para coletiva

O New York Time disse que os assessores de comunicação da Casa Branca estavam escolhendo a dedo os repórteres que poderiam entrar para a entrevista.

O governo Donald Trump proibiu que veículos de imprensa como as redes de televisão CNN e BBC, além dos jornais New York Times e Los Angeles Times, de entrarem na Casa Branca para as entrevistas coletivas diárias com Sean Spicer, porta-voz do presidente.

De acordo com o UOL, a imprensa ficou indignada com a censura do presidente. Em apoio aos colegas, jornalistas de outros veículos, como os da agência AP e da revista Time, decidiram boicotar a entrevista diária.

O New York Time disse que os assessores de comunicação da Casa Branca estavam escolhendo a dedo os repórteres que poderiam entrar para a entrevista. Dos profissionais que foram autorizados a entrar, estão funcionários do jornal The Wall Street Journal e da Fox News.

"Nada como isto aconteceu na Casa Branca em nossa longa história cobrindo as várias administrações de diferentes partidos", afirmou Dean Baquet, editor-executivo do NYT, em nota.


O presidente dos Estados Unidos trava uma guerra com a imprensa. Ele disse que os veículos são “desonestos” e “inimigos do povo”.

"Não têm fontes. Inventam", disse Trump.

Leia outras notícias, clique ~> www.portaldm.net

☇COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.