Suspeito de matar professora em Quixadá é preso pela Polícia

Equipes da Polícia Militar que davam apoio aos trabalhos efetuaram a prisão.

O suspeito do assassinato da professora Socorro Gomes Ferreira, 48 anos, o ex-presidiário Ernandes Benjamin de Paiva, vulgo “Guelé”, foi preso no fim da tarde desta quarta-feira (1º) em Quixadá. Segundo informações dos inspetores da Polícia Civil que elucidaram o crime, “Guelé” estava escondido na casa da mãe, no bairro Triângulo. Equipes da Polícia Militar que davam apoio aos trabalhos efetuaram a prisão.

A agilidade nas investigações e as imagens de uma câmera de vídeo-monitoramento, apesar de ruins, foram fundamentais para a elucidação do crime. Através das imagens é possível ver o momento em que a vítima passa caminhando e o assassino logo depois, seguindo na mesma direção. 

Com os demais levantamentos feitos as suspeitas contra “Guelé” se fortaleceram.


Testemunhas também descreveram as características físicas e o vestuário utilizado por ele, explicou a equipe da Polícia Civil. (Com informações do blog - Diário S. Central)

☇COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.