Prefeito enfrenta protestos da população e sai vaiado da Câmara, em Aracati no Ceará

As vaias, que foram levadas numa boa pelo prefeito, vieram após uma tímida manifestação de apoio ao gestor.

Criticado pela falta de diálogo, o prefeito do Município de Aracati (a 149Km de Fortaleza), Bismarck Maia, enfrenta reprovação da população e foi intensamente vaiado enquanto discursava na abertura dos trabalhos da Câmara dos Vereadores. 

O prefeito falava sobre manter um diálogo aberto com a comunidade e com os poderes constituídos, quando manifestantes que protestaram momentos antes nas ruas pelo não fechamento do Hospital Santa Luísa, o vaiaram. A unidade de Saúde deverá ser fechada pela Prefeitura Municipal, que alega falta de recursos para mantê-la em funcionamento.

As vaias, que foram levadas numa boa pelo prefeito, vieram após uma tímida manifestação de apoio ao gestor. "Que ninguém tire o rumo, que ninguém volte mais ao passado, que não volte nunca mais a desmandos administrativos que fizeram com que o povo de Aracati hoje sofra pela consequência do descaso, do desmantelo, da irresponsabilidade, da negligência, da corrupção que levou o Aracati à situação que está", disse Bismarck.


(Informações e foto - Ceará News)

Saiu correndo

O presidente da Câmara, vereador Valdy Menezes, fez um apelo à direção do Hospital Santa Luísa para que não feche as portas no dia 1º de março, e se comprometeu com os funcionários e a direção do hospital a reabrir nova rodada de negociação com o prefeito. Bismarck não falou com a imprensa depois da sessão. Saiu correndo do local e levou mais vaia.

Leia outras notícias, clique ~> www.portaldm.net

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Publicidade
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.