Dois irmãos acusados de homicídio são presos pela Polícia Civil de Quixadá

Homicídio foi praticado em 21 de janeiro. 

Dois irmãos suspeitos de um homicídio praticado no dia 21 de janeiro deste ano, na zona rural de Quixadá foram presos pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (22). Segundo a delegada regional, Anna Claudia Nery, um deles, Daniel Almeida da Silva, 21 anos, confessou a autoria do crime. O irmão, Ismael Almeida da Silva, que completou 19 anos no dia da sua prisão, assistiu o assassinato, mas nada fez para tentar impedir o crime, explicou a delegada.

O crime ocorreu na localidade de Pote Seco. A vítima, Francisco Wellington Pereira Rodrigues, 33 anos, foi assassinada a golpes de facão, logo após uma bebedeira envolvendo o trio e outros amigos. Os irmãos e a vítima eram amigos, mas durante a bebedeira Daniel e Wellington acabaram se desentendendo. O autor alegou que noutras ocasiões havia sido agredido pela vítima.

Ainda de acordo com a delegada, ao confessar o crime Daniel relatou que deu uma carona para Wellington, na sua motocicleta. No caminho a vítima pediu para parar, precisava urinar e voltou a agredi-lo fisicamente. Embriagado e revoltado, o golpeou na cabeça com um facão. Seu irmão presenciou o crime, mas ficou em estado de choque, alegou ao ser interrogado.


(Informações e foto - Diário S. Central)

“A elucidação do homicídio ocorreu a partir de uma denúncia feita á familiares da vítima. Como procuraram a Polícia Civil logo em seguida foi mais fácil prender os acusados. Com as informações foi possível solicitar a prisão preventiva de Daniel e de Ismael, que apesar de ter sido inocentado pelo irmão figura como coautor”, ressaltou a delegada. Ambos não tinham antecedentes criminais.

Leia outras notícias, clique ~> www.portaldm.net

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Publicidade
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.