Homem mata mulher por ela não devolver R$ 20 de um programa sexual não realizado

Após o crime, o homem tentou fugir para a cidade onde morava, em Igaracy, mas foi preso durante a perseguição policial.

Policiais do 13º Batalhão prenderam em flagrante um pintor de 44 anos, na noite de terça-feira dia 24, na rodovia de acesso à cidade de Igaracy, no Sertão da Paraíba. Ele é suspeito de matar com golpes de faca, na mesma noite, uma mulher de 35 anos, na cidade de Itaporanga.

De acordo com o comandante do 13º Batalhão, major Antônio Guedes, a motivação do crime, segundo o relato do próprio acusado, seria a quantia de R$ 20.

"Ele disse que esse valor foi pago a ela de forma antecipada para que fosse feito um suposto programa sexual, mas ela não cumpriu o que foi acordado e aí foi pedido o dinheiro de volta. Como ela não devolveu, o suspeito começou a esfaquear a vítima, que morreu no local", contou.

Após o crime, o homem tentou fugir para a cidade onde morava, em Igaracy, mas foi preso durante a perseguição policial. Um outro homem de 42 anos, que estava com ele no carro no momento da prisão, também foi detido por ter dado fuga ao suspeito. 


O caso foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, em Itaporanga. 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Publicidade
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.