Em reestruturação após tragédia, Chape muda escudo para homenagear vítimas e lembrar título

Com duas novas estrelas, o time de Chapecó homenageia as vítimas da tragédia aérea.

A Chapecoense recomeça de forma oficial a sua reestruturação. Ainda sem anunciar novos jogadores e comando técnico, o clube de Santa Catarina anunciou nesta quinta-feira (8) a primeira grande mudança: o escudo. Com duas novas estrelas, o time de Chapecó homenageia as vítimas da tragédia aérea que dizimou o clube e também os valores de "afeto, solidariedade e união". 

"Devido à uma fatalidade, entramos para a história. Isso é indiscutível e imutável. Indiscutível, também, é que mesmo cientes de que iniciamos, agora, um novo momento, manteremos a essência. Seguiremos escrevendo a história que vinha sendo traçada, com tanto carinho. Mas não sem eternizaremos - na memória, coração e escudo - o legado de afeto, solidariedade e união. Mais do que isso, o amor e comprometimento que todos os que partiram tinham para com a Chapecoense. 

Partindo disso, propomos a reformulação do nosso escudo. Uma forma de eternizar no peito a lembrança de tudo o que foi despertado nesse momento de adversidade. Detalhes singelos foram acrescentados à nossa marca: 


A primeira estrela faz menção à conquista da Copa Sul-Americana 2016. Ela é branca em sinal de paz. A paz encontrada pelos nossos Eternos Campeões. Além disso, a cor branca simboliza a luz que nos guiará adiante. 

Já a segunda estrela no interior da letra F - que refere ao futebol - é a forma sutil, mas impactante, de eternizar os que dedicavam suas vidas à Chapecoense."

☇COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM AMIGOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. USE COM RESPONSABILIDADE.